Desfralde! O que ninguém nos conta sobre ele



Desfralde tem sido um processo lento por aqui e é a prova de que cada criança tem seu próprio tempo. No meu ideal de maternidade, o desfralde do Davi teria acontecido nas férias de julho, quando ele estava com 02 anos e meio e dava sinais que estava pronto. Mas nas férias ele teve um forte resfriado e meu plano de desfraldá-lo fracassou.


Livro sobre Desfralde

Então comecei a deixá-lo de cuequinha em casa, mas ele sempre muito resistente para ficar sem a fralda e sentar no peniquinho nem pensar. O efeito foi contrário, percebi que ele deu uma regredida, antes ele avisa quando fazia cocô ou quando a fralda estava muito molhada, e desde então passou a resistir a troca de fraldas e a não avisar mais sobre o cocô. Nessa luta, entre a minha vontade e a dele, acabei cedendo por acreditar que ele ainda não estava pronto.

Passei a usar a fraldinha de vestir para sair e facilitar levá-lo ao banheiro. Quando saímos, ele até vai ao banheiro, mas só faz hora, xixi mesmo só na fralda. Comprei também um livro sobre o assunto, que ele ama, folheia, conta a história, mas fica por isto mesmo.

Novamente chegaram as férias e a tentativa do desfralde voltou, disse para mim mesmo que agora vai acontecer, afinal ele já vai fazer 03 anos. Às vezes me pego pensando, todos os coleguinhas já largaram a fralda, não é possível que este desfralde demore tanto! Mas demora, pelo menos por aqui!

Acredito que a ansiedade dos pais é maior do que o processo em si. Tudo acontece naturalmente. Dezembro, devido as festas de final de ano, foi um mês mais light quanto ao desfralde. Continuei conversando com ele, deixando de cuequinha, fizemos um bolinho para simbolizar a despedida da fraldinha, mas vez ou outra ainda recorria a fraldinha.

Janeiro chegou e combinamos que fraldinha agora somente para dormir. Tem uma semana que estamos levando o combinado a risca, e acredito que agora não tem volta. No primeiro dia, ele fez xixi em quatro cantos da casa e em nenhum momento sentou no peniquinho. No segundo e terceiro dia também resistiu ao peniquinho e segurou o xixi.

Como uma tentativa dele aceitar o peniquinho, compramos um musical. Ao menos ele tem mostrado mais interesse por ele, senta, fica um tempo, mas ainda não conseguiu usá-lo efetivamente. Agora só quer usar cueca, até para sair, e tem conseguido segurar até então. Vejo um progresso neste processo e creio que até o final do mês teremos caminhado com sucesso para o desfralde diurno.

Li muitos artigos a respeito, existem muitos links na internet sobre o assunto, com fórmulas mágicas que prometem torná-lo rápido. Temos que ter cuidado e utilizar nosso bom senso, pois assim como outras fases, o desfralde é uma fase delicada no desenvolvimento físico e psicossocial das crianças. Alguns artigos que li, fizeram-me lembrar que a prática é muitoooooooo diferente da teoria. As teorias são lindas, mas, vamos ser sinceros, no dia a dia nem sempre alcançam o resultado esperado.

Não vou me alongar no texto, dando dicas de desfralde, porque já existem muitos textos a respeito. A lição que tenho tirado deste processo, é que para os adultos, a fase do desfralde é um verdadeiro teste de paciência. O importante é garantirmos que nosso(a) filho(a) se sinta seguro e acolhido, mesmo quando acidentes acontecerem.

Tenho tentando fazer o momento de usar o peniquinho, se tornar natural para o Davi. Ao contrário da teoria, por enquanto o penico fica na sala ou no corredor, um local de fácil acesso, perto de onde ele brinca e no qual ele já senta espontaneamente vez ou outra. Tem um vídeo muito legal no youtube, Pipipi é no peniquinho que às vezes coloco para lembrá-lo de usar o penico, e tem funcionado. Hoje toda vez que escapa, ele canta esta música. A consciência de onde fazer suas necessidades já está sendo criada nele, agora é paciência que tudo acontecerá naturalmente. O período das férias é excelente para realizar o desfralde sem pressa, pois é possível passar um bom tempo em casa, onde as escapadas não trazem constrangimento para a criança.

O caminho do desfralde é longo, mas já começamos a percorrê-lo...

Outros livros que nos ajudam neste caminho:

#Desfralde #Desenvolvimentoinfantil #Crescer #Crianças #SerMãe #MãesReais #EtapasdoDesenvolvimento #Tirarasfraldas #LivrosInfantis