Por trás de uma criança difícil, há uma emoção que ela não sabe expressar!



Se até para nós, adultos, expressar as emoções muitas vezes é difícil... Imagina para a criança, que em tão pouco tempo precisa lidar com tantas informações e situações que nunca vivenciou!

Não podemos simplesmente virar para criança e dizer: ¨- Se vira nos 30!"

Precisamos acolher e utilizar estratégias para a criança se sentir mais segura e aprender a expressar suas emoções!

Nos momentos de crise da criança é interessante levarmos em conta alguns aspectos:

Se gritamos ou colocamos de castigo iremos provocar uma reação ainda mais negativa na criança.

Então, é importante nos aproximarmos da criança a perguntar a ela por que fez o que fez. Com calma, explicaremos que não foi correto, explicaremos o porquê, e como devemos agir nesta situação. Finalizando com um reforço positivo: “eu confio em você”!

A criança, desde muito pequena, deve entender que limites são necessários e que todos precisamos cumprir regras.

A Inteligência Emocional deve estar sempre presente na criação dos nossos filhos. É importante ajudá-los a identificar suas emoções e traduzir em palavras o que está sentindo.